Markup: Qual a importância para o varejo e como calcular?

Markup: Qual a importância para o varejo e como calcular?

O intuito de toda e qualquer empresa, independentemente de seu ramo de atuação, é obter lucros através da venda dos produtos que esta produz. Para que  este lucro seja gerado, o custo com a produção deve ser somado a um valor correspondente a algo que chamamos de margem de lucro, para ir constituindo o valor total do item comercializado.

Entendendo esta etapa, será mais fácil compreender o conceito de markup. Este índice é variável e depende muito do segmento de atuação da empresa em questão, além do público-alvo que deseja atingir, do tipo de produto que é comercializado, dentre outros fatores.

Nesta conta inclui-se ainda os valores das despesas fixas, ou seja, cobradas com uma frequência e das variáveis, que acontecem sem uma frequência e muitas vezes não são esperadas. O cálculo do markup deve ser realizado de forma estratégica, com o intuito de atrair clientes potenciais,

mesmo que seja necessário oferecer descontos e promoções especiais para seus consumidores. 

Entenda o motivo do markup ser tão importante para as empresas

Quando uma empresa começa a trabalhar com o markup, torna-se mais simples e preciso obter vários detalhes relacionados aos processos operacionais, assim como cada etapa costuma se relacionar com o produto final oferecido aos clientes.

É comum ver empresas do varejo determinando o valor de seus produtos através de uma análise de precificação padrão de mercado, seguindo o que os demais profissionais fazem.

O importante neste momento é observar que esta pode acabar sendo uma falha grave para o crescimento do negócio, pois não conseguirá obter resultados precisos e nem se diferenciará das demais empresas do setor.

Levando isto em consideração, o markup funciona como um mecanismo de controle de gastos, que inclui diversos fatores, permitindo que a gestão possa tomar decisões consideradas eficientes e tenha a possibilidade de criar planejamentos mais claros e objetivos, conseguindo trazer uma lucratividade satisfatória para a empresa.

Como o markup é composto?

Agora que você entendeu toda a parte conceitual do markup chegou o momento de avançarmos um pouco mais no assunto, para que seu conhecimento seja mais completo.

O markup importante considera os custos de compras, produção, armazenamento, distribuição e serviços dos colaboradores envolvidos em seu cálculo. Existem três variáveis que compõem o markup, sendo estes:

  • Os Custos fixos

Estes representam todas as despesas que tem relação com o funcionamento da empresa, além do que se refere ao produto em si. Podemos usar como exemplo as contas de água, luz, internet, aluguel, dentre outras que são cobradas com frequência e você já espera ter que pagá-las.

  • Os Custos variáveis

Estes custos apresentam uma relação direta com a venda das mercadorias, como as comissões aos vendedores e os impostos cobrados pelo governo.

  • Margem de lucro

 Esta é referente ao retorno financeiro que cada produto representa, além de seu valor de produção e de todos os processos que o cercam, podendo ser estabelecida igualmente para todos os produtos, ou cada item pode conter sua própria margem, de acordo com cada estratégia estabelecida.

Aprenda de uma vez por todas a calcular o markup

Chega de tanto conceito. O melhor mesmo é aprender tudo através da prática, onde você irá adquirindo mais experiência e o cálculo do markup será cada vez mais fácil de ser realizado.

A base da fórmula para que o cálculo seja executado é representada pelo custo de produção. Entende-se que todos os valores referentes aos insumos utilizados e à mão de obra empregada no processo constituem a conta. 

Já nos casos de revenda de produtos, o custo de produção é a mesma coisa que o valor de compra, transporte e armazenamento desses itens.

E em empresas de serviço, o custo base será o preço da hora do trabalho prestado.

A fórmula utilizada para calcular o markup  é bastante simples, sendo representada por:

Markup = 100/100-(DF+DV+ML)

  • DF = despesas fixas,
  • DV = despesas variáveis
  • ML = margem de lucro.

Para chegar ao resultado final, basta multiplicar o valor do markup pelos custos de produção. Viu como é simples?

Agora basta colocar em prática. Para elevar ainda mais o nível de seu negócio, indico que continue acompanhando nossas postagens e obtendo dicas que podem ser muito interessantes para você.

Deixe um comentário

WhatsApp Chat
Chat via WhatsApp !