Se você deseja destacar ainda mais a marca do seu negócio ou proteger bem seus materiais, então invista em embalagens! Além de serem importantes para o acondicionamento correto dos seus produtos, elas também podem atuar como uma propaganda da sua empresa, atraindo cada vez mais consumidores.

O embrulho é a apresentação do seu produto. Ele pode levar consigo informações importantes sobre a sua empresa ou seus itens.

Um material de qualidade e com design inovador pode fazer a diferença para a escolha do cliente, pois ele espera segurança, comodidade e conveniência para o transporte de suas ferramentas.

Por isso, desenvolvemos este post com os principais tipos de embalagens para ferramentas para que você encontre a ideal para a sua companhia. Ficou interessado no assunto? Então siga este post até o final!

Principais tipos de embalagens para ferramentas

O tipo de embalagem adequado para acompanhar o seu produto depende muito das características do material a ser transportado. Na hora de escolher o pacote mais adequado, deve-se levar em consideração fatores como:

  • tamanho;
  • peso;
  • aspectos físicos;
  • temperatura.

A seguir, listamos os principais tipos de embalagem.

1. Papelão

Algumas das principais vantagens oferecidas por embalagens desse tipo é que são leves, versáteis, adaptáveis e personalizáveis, podendo ser encontradas em diversos formatos e cortes diferentes.

Esse tipo de embalagem é muito utilizado pelas indústrias e o comércio para proteger e conduzir materiais. Seu peso e custo de produção costumam ser mais baixos se comparados com outros tipos de materiais, como a madeira, por exemplo.

Em contrapartida, dependendo do nível da umidade a qual a caixa será exposta e do peso excessivo do produto a ser transportado, pode não ser a melhor opção. Por outro lado, mesmo ferramentas grandes e pesadas podem ser acondicionadas em caixas de papelão, bastando utilizar papelão com tipos de onda que suportem maior peso e aplicando acessórios de reforço e proteção, como cantoneiras, acolchoamentos com espumas de EPP (Polipropileno Expandido), etc.

2. Plástico

Embalagens plásticas podem ser moldadas em diversas formas e tamanhos, sendo extremamente adaptáveis ao produto. Por isso, são muito utilizadas pelo mercado. Podem ser desenvolvidas nos formatos de saco, envelope, película (ou filme), engradado, caixa, frasco, garrafa, tubo, entre outros.

Por serem flexíveis, elas conseguem armazenar grande parte dos produtos. Porém esse tipo de embalagem possui como desvantagem o impacto ambiental considerável, visto a dificuldade de biodegradação do plástico na natureza e os apelos da sociedade por um desenvolvimento mais sustentável, podendo ser uma desvantagem competitiva junto a outras empresas eco-friendly.

3. Madeira

Esse tipo de embalagem geralmente suporta mais peso. Por isso, embalagens feitas desse material podem reunir em um único recipiente uma grande quantidade de unidades.

Esse material é geralmente evitado por negócios de menor porte devido a seu maior custo. Outros pontos negativos acerca de sua utilização são o fato de que ele oferece pouca proteção contra a umidade e proporciona baixo conforto no manejo dos produtos pelos clientes.

4. Alumínio

O alumínio é ideal para produtos que não precisam expor seus conteúdos e auxilia na conservação de materiais que necessitem ser protegidos da luz, da umidade, do odor e da ferrugem.

As desvantagens dessa embalagem estão na sua fabricação. O alumínio é derivado da bauxita, que gera um alto índice de poluição durante seu processo de extração. Desse modo, marcas sustentáveis ou eco friendly acabam deixando de utilizá-lo.

Dicas para escolher o material ideal para o seu negócio

A escolha da embalagem ideal vai muito além da sua forma de acondicionar o produto. Mais do que isso, é fundamental que ela se destaque perante o cliente e o impressione com seu design.

Além disso, ela deve proporcionar ao produto segurança, além de zelar pela sua qualidade, conservação e durabilidade durante o transporte e o prazo que ficará em estoque.

Por isso, a companhia que se preocupa com seu produto e quer impactar o seu consumidor deve ficar atenta na hora de escolher o melhor tipo de embalagem para o seu negócio. Nesse contexto, é importante levar em consideração alguns aspectos. Veja a seguir algumas dicas.

1. Veja se o material é resistente

Os produtos percorrem um longo caminho até chegar ao seu destino final. Por isso, é necessário escolher um material bem resistente, capaz de suportar os impactos durante todo o seu trajeto, sem causar prejuízos para a empresa por possíveis danos e sem colocar em risco a saúde do cliente.

Sua função é permitir que o material chegue até o consumidor em perfeitas condições. Para isso, uma embalagem ideal deve proteger os produtos do calor, da umidade e da ação de micro-organismos que possam danificá-los.

2. Aposte no design

Com tanta variedade de produtos disponíveis pelo mercado, a competitividade se torna ainda mais alta. Apostar em um design arrojado e surpreendente pode ser uma boa estratégia para atrair a atenção dos seus consumidores.

Você pode personalizar a sua embalagem de forma original e diferenciada, firmando a sua marca perante os seus clientes. Essa é uma boa oportunidade para aprimorar o branding do seu negócio, o que fortalecerá ainda mais a imagem da sua empresa.

3. Determine a estrutura

Antes de criar a sua embalagem, você deve levar em conta qual é a estrutura mais adequada para carregar o seu produto. Algumas questões devem ser levantadas para auxiliar na determinação da melhor estrutura, como:

  • o que será armazenado na embalagem? Quanto isso pesa? Quais são as dimensões do produto? Quantas peças estarão dentro da embalagem? Elas precisam de proteção?
  • Existem especificações de qualidade ou desempenho? Resistência à água, barreira de graxa, uso externo, segurança infantil, etc.;
  • É necessário um espaço para visualização do seu produto?
  • Qual é o seu orçamento?
  • Qual é a função da embalagem? É um pacote de presente? A embalagem pode ser repassada após a compra?
  • Como será enviado?
  • Quais são os requisitos da prateleira de varejo onde seu produto será colocado? As caixas precisam ser empilhadas?

Com tantas peculiaridades a serem consideradas nessa escolha, é muito importante para o desenvolvimento de embalagens para ferramentas ter a assessoria de empresas especializadas no assunto. Isso permite que você encontre a melhor opção para o seu negócio.

Nós, da Embalagens M2B, somos especializados nesse quesito e podemos lhe ajudar no que você tanto busca. Nossa principal preocupação é desenvolver e fabricar embalagens que gerem negócios para nossos clientes.

Agora você já conhece alguns tipos de embalagens e suas funcionalidades. Você também já sabe de sua importância tanto para acondicionar o seu produto quanto para alavancar as suas vendas, conhecendo igualmente quem pode ajudá-lo, então não perca mais tempo e comece logo a produzir a sua!

Estamos abertos para um papo ou mesmo um orçamento sem compromisso para atender suas necessidades, seja para acondicionar ferramentas ou outros produtos. Teremos grande satisfação em lhe ajudar, esteja à vontade para entrar em contato.